Empresa assina contrato de arrendamento para explorar área na Ilha Barnabé, em Santos

Contrato com Adonai East para terminal de líquidos tem vigência de 25 anos.

Terminal STS 13 A, localizado na margem esquerda do Porto de Santos, Divulgação/Santos Port Authority O terminal STS 13 A, localizado na margem esquerda do Porto de Santos, no litoral de São Paulo, foi arrematado pela empresa Adonai East, do grupo Aba Infraestrutura e Logística S/A.

O extrato do contrato, assinado nesta semana, foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) nesta sexta-feira (22).

A Santos Port Authority (SPA) assinou o contrato de arrendamento com a empresa na última terça-feira (19), dando uso operacional para mais uma área no Porto de Santos.

O Ministério da Infraestrutura (Minfra) e a Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) também assinaram o contrato.

A área foi arrematada pela Aba em leilão realizado em agosto de 2019, na B3, em São Paulo, com um lance de R$ 35 milhões.

A Aba já atua em Santos com outros dois terminais.

É arrendatária do terminal Adonai, também na Ilha Barnabé, destinado à movimentação a líquidos, e do Concais (passageiros). De acordo com acordo a Santos Port Authority (SPA), a área STS 13 A conta com 38,4 mil metros quadrados e estava sem operação desde 2012, após o fim do contrato com o antigo arrendatário.

O pagamento foi feito da seguinte forma: 25% na assinatura e mais cinco parcelas anuais.

A empresa ganhou o direito de explorar o ativo para armazenar e movimentar granéis líquidos pelo prazo de 25 anos, contados a partir da assunção da área. A empresa pagará à SPA o valor de R$ 158,5 mil mensais de arrendamento fixo e R$ 4,15 por tonelada de carga movimentada de arrendamento variável.

A nova área deverá ter, segundo o contrato, capacidade estática mínima de 70,5 mil metros cúbicos.

Os investimentos estimados a serem feitos pela empresa somam aproximadamente R$ 111 milhões.

“O contrato de arrendamento dará mais competitividade e eficiência ao setor, gerando receita para o Porto e emprego e renda para a região”, afirmou o presidente da SPA, Fernando Biral, por meio de nota. Área STS 13 A, no Porto de Santos Arquivo/Divulgação/Antaq
Categoria:SP - Santos e Região